Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos

Acesso ao Extranet

Dúvidas Frequentes

Na troca por pneus novos que utilizem câmara de ar, esta também deve ser trocada?

Sim. Para este tipo de pneu é recomendável a troca da câmara de ar e do protetor.
É bom lembrar que: “pneu novo, câmara de ar e protetor novos”

De quanto em quanto tempo deve ser feito o alinhamento das rodas dos veículos?

É recomendável que seja feito a cada 10 mil quilômetros.

Quando sei que tenho que trocar os pneus?

O que deve ser observado para saber se está na hora de trocar os pneus é a parte que fica em contato com o solo, que é a banda de rodagem. É onde há o “desenho” do pneu, como os motoristas costumam chamar. Quando este “desenho” estiver perto do desgaste do limite de segurança que é de 1.6 mm de profundidade dos sulcos, o pneu já passa a ser considerado "careca" e aí é hora de trocá-lo.
 
Para ajudar os motoristas a saber quando está na hora de trocar o pneu, existe um indicador na banda de rodagem. Tecnicamente, ele é chamado de Tread Wear Indicator (TWI). É uma saliência de borracha com altura de 1.6mm que é colocada dentro do sulco do pneu. Quando o desgaste do pneu atinge esse indicador, significa que já está no limite de segurança e é hora de trocá-lo.

Como sei qual o pneu mais adequado para o meu carro?

Pneus de automóveis são desenvolvidos para fazer parte das características do automóvel, seja ele um carro pequeno e econômico ou um esportivo de alta performance. Diferentes carros, portanto, necessitam de pneus de concepções absolutamente diferentes e coerentes com as exigências de cada um. Para saber o pneu adequado para um carro, o proprietário deve consultar o manual do veículo

Qual a durabilidade para utilização dos pneus de carro de passeio?

A durabilidade de um pneu de passeio depende de vários fatores:
Carga sobre o pneu, pressão do pneu, maneira de dirigir do motorista, velocidade, regularidade de marcha, condições mecânicas do veículo, concentração de tráfego e ainda outros fatores como clima e temperatura ambiente.
 
Ainda assim, a durabilidade pode ser prolongada com a manutenção adequada. Checar a calibragem, fazer o rodízio de pneus, bem como o balanceamento e alinhamento de rodas contribuem para o bom estado dos pneus. Não esqueça de ficar atento ao Tread Wear Indicator" (TWI) é uma saliência de borracha com altura de 1,6 mm que está localizada dentro do sulco do pneu. Quando o desgaste do pneu atinge esse indicador, significa que já está no limite de segurança e é hora de trocá-lo.
 
 É recomendável que qualquer pneu passados mais de 5 anos de sua fabricação seja examinado por um técnico qualificado para determinar se está em condições de continuar rodando. Depois dessa verificação recomenda-se fazer esse exame uma vez por ano. Não havendo qualquer sinal de envelhecimento (o que depende das condições de uso ao qual foi submetido) o mesmo pode continuar a ser usado normalmente.
 

 

Quando tenho que realizar o balanceamento e alinhamento dos pneus?

O balanceamento ou alinhamento dos pneus devem ser realizados a cada 10.000 kms rodados, quando surgirem vibrações, na troca ou no conserto do pneu, quando o veículo sofrer impactos na suspensão, quando apresentar desgastes irregulares, quando forem substituídos componentes da suspensão ou quando o veículo estiver puxando para um lado.

Qual o risco de trafegar com os pneus carecas?

Dirigir com pneus carecas aumenta o risco de acidentes porque diminui o atrito entre o pneu e a pista, além de ser uma infração grave com cinco pontos na carteira. Motoristas devem estar  alertas para realizar a troca do pneur antes que ele esteja totalmente liso.

Quais procedimentos o usuário deve tomar com os pneus antes de pegar a estrada?

Em primeiro lugar, o motorista deve checar se o pneu não está próximo da marca de 1,6mm e, se estiver, a troca deve ser providenciada antes da viagem. Vale considerar que se for uma viagem longa e o motorista verificar que o pneu está quase chegando na marca de segurança, mas ainda daria para rodar um pouco mais, o mais seguro é trocar antes da viagem para evitar que o pneu fique careca no meio da viagem. Trafegar em estradas com pneu careca é perigoso, imprudente e, além disso, significa uma infração de trânsito.
 
O motorista também não deve esquecer do estepe. Ele tem que estar em boas condições e pronto para o uso no caso de necessidade de troca.

 




Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos Todos os direitos reservados @2013

by contactonet