Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos

Acesso ao Extranet

Pirelli: Treinos Livres do GP da Hungria de Fórmula 128/07/2017

Budapeste, 28 de julho de 2017 – O piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo, não só superou a pole do ano passado em mais de um segundo e meio no segundo treino livre para a etapa da Hungria da Fórmula 1, nesta sexta, mas, também, chegou muito perto de quebrar o recorde de volta mais rápida de todos os tempos do circuito no primeiro dia de atividades.

Ricciardo foi o mais rápido durante as duas sessões de treino livre hoje usando o supermacio em cada ocasião, composto este cerca de 0,8 segundo mais rápido que o macio. O outro pneu nomeado neste fim de semana é o médio - usado principalmente para as voltas de instalação - com as três opções usadas hoje enquanto as equipes se concentravam no equilíbrio dos carros com diferentes cargas de combustível

Após o início com céu nublado, o clima esquentou para mais de 45 graus de temperatura na pista. Apesar disso, e do fluxo contínuo de curvas de Hungaroring, nenhum dos pneus demonstrou qualquer sinal de bolhas.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: "O novo asfalto colocado antes da corrida do ano passado mostrou-se liso e oferece uma boa aderência um ano depois. Sua cor escura também resulta em aumento da temperatura da pista, que já começou bastante quente no TL1 e, em seguida, esteve cerca de oito graus mais quente no TL2. Em ambas as práticas, o pneu supermacio foi consistentemente mais rápido. Nós conseguimos avaliar efetivamente as diferenças de tempo de volta entre os compostos macio e supermacio, que serão os principais pneus da corrida, mas ainda há um ponto de interrogação sobre a degradação nas simulações de corridas devido a paralisação por bandeiras amarelas no TL2. Na frente, em particular, o ritmo parece ser muito parecido."

* Quantidade de quilômetros percorridos, por todos os pilotos, nos treinos livres 1 e 2.
** Por composto, somados todos os pilotos.

Pressões mínimas prescritas para os pneus: 18,5 PSI na frente e 17,5 PSI na traseira.

Facebook  @pirellibrazil     Twitter  @Pirelli_Br     Instagram  @pirelli_br


voltar


Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos Todos os direitos reservados @2013

by contactonet