Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos

Acesso ao Extranet

Pirelli: Preview do Grande Prêmio da Bélgica21/08/2017

Milão, 21 de agosto de 2017 – A Pirelli levará o pneu P Zero Roxo ultramacio pela primeira vez para Spa-Francorchamps, na Bélgica, junto com o P Zero Vermelho supermacio e o P Zero Amarelo macio. Estes são os três pneus mais macios da gama, escolhidos juntos pela sexta vez nesta temporada. Porém, uma variável famosa em Spa é o clima. Então, há também uma forte chance de vermos o Cinturato Verde intermediário ou o Cinturato Azul para condições de chuva, em algum momento durante o fim de semana. Spa é o circuito favorito de quase todos os pilotos, pois incorpora curvas clássicas como a Eau Rouge e a Pouhon, que o tornam um verdadeiro passeio de montanha-russa, bem como um teste de bravura.

Os três compostos selecionados

O circuito do ponto de vista do pneu

  • Mais longo circuito do ano, com 7.004 metros de extensão.
  • Desenho do traçado com influência geográfica, o que significa que pode estar chovendo em uma parte da pista e não em outra.
  • Mudanças no nível da elevação em relação ao do mar e compressões geram forças nos pneus vindas de todas as direções.
  • Acerto dos carros precisa ser um compromisso entre pressão aerodinâmica para as curvas sem aumentar muito o arrasto nas grandes retas.
  • Altas velocidades e grandes curvas colocam quantidade de energia significativa nos pneus.
  • Ultrapassagens são muito possíveis em Spa, abrindo a porta para uma grande variedade de possibilidades estratégicas.
  • As equipes escolheram os três compostos disponíveis para a etapa, não se concentrando apenas na opção mais macia.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: "A Pirelli estava correndo em Spa para as 24 horas no mês passado, o que mostrou tudo que torna este circuito famoso: clima variável, competição imprevisível e exigências pesadas sobre os pneus. Agora que estamos trazendo o pneu ultramacio da Fórmula 1, esperamos que essas demandas aumentem ainda mais com a última geração de carros. Duas paradas parecem ser uma estratégia provável, mas saberemos mais após as primeiras sessões de treinos livres. Trabalhar a estratégia de corrida ideal é especialmente complicado em Spa, pois ela precisa ser flexível. A possibilidade de chuva, da entrada de carros de segurança ou mesmo uma bandeira vermelha - como vimos no ano passado - significa que as equipes, muitas vezes, precisam reagir a mudanças de circunstâncias ao invés de seguir com um plano fixo".

O que há de novo

  • O pneu ultramacio nunca foi usado antes na Bélgica, o que representa uma escolha ainda mais agressiva.
  • Pouca coisa aconteceu na Fórmula 1 nas duas últimas semanas, graças ao período forçado quando as fábricas ficam fechadas.
  • O último teste de pneus Pirelli para 2018 foi concluído em quatro de agosto, com a Ferrari em Barcelona, Espanha, e não irá continuar até os dias sete e oito de setembro, na pista de Paul Ricard, na França, com a Mercedes.
  • Os três vencedores de uma competição da Pirelli para crianças, entre oito e 11 anos de idade, passaram uma semana na escola de kart do espanhol Fernando Alonso, nas Asturias. Os jovens tiveram aulas sobre princípios de direção segura e de pilotagem em uma disciplina desenhada pelo próprio bicampeão mundial.
  • Paralelamente ao Grande Prêmio da Bélgica, o Campeonato Europeu de Rally da Pirelli começará com suas estrelas sobre um diferente tipo de asfalto no Barum Czech Rally Zin.

 

Pressões mínimas para a largada na Bélgica

23,5 psi (pneus dianteiros) e 21,5 psi (pneus traseiros)

 

 

 

Limites de cambagem

 

-2,75º (pneus dianteiros) e -1,50º (pneus traseiros)

 

 

Pneus selecionados até o momento

Facebook  @pirellibrazil     Twitter  @Pirelli_Br     Instagram  @pirelli_br


voltar


Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos Todos os direitos reservados @2013

by contactonet